12 passos para você fazer o reposicionamento da sua marca

27/10/2017

POR Helio Moreira

É consultor de branding e sócio-diretor da NewGrowing, empresa especializada em marcas para STARTUPS e PMEs. O especialista é publicitário e Designer de formação, pós-graduado em Design e Master em Branding pelo ITAE e HSM | Branding do GrupoTroiano.

Vejo muitas empresas pensando em reposicionamento de suas marcas quando já é tarde demais. A concorrência dominou toda a sua participação no mercado, trazendo ainda mais dificuldades para sua companhia obter sua parcela de mercado e recuperar sua posição?

Se sua empresa encontra-se nessa posição, já está na hora de tomar uma atitude!

Fazer mudanças sutis na cor do seu logotipo, remover uma parte de seu nome que não teve impacto imediato ou de longo prazo não são ações suficientemente significativas para impactar o negócio. Podem não resolver o seu maior problema.

Na verdade, pouquíssimas empresas conseguem o reposicionamento de suas marcas sem ter uma ótima estratégia e plano traçado para isso.

Rebrand é mais do que apenas um novo nome e um logotipo. Toda a personalidade da sua marca precisa ser renovada e atualizada. Todos os aspectos da sua marca serão afetados. Para marcas com legado, isso pode ser uma tentativa difícil de fazer.

Isso afetará negativamente o seu negócio? O maior medo pode ser “vamos perder todos esses anos de tração de afinidade da marca?”

Se você acha que é hora de um reposicionamento, recomendo considerar uma grande quantidade de fatores para determinar se é o momento certo ou se há apenas uma necessidade de redirecionar sua estratégia de marketing ou adicionar ou subtrair serviços adicionais.

O seu público-alvo mudou? A pesquisa de mercado mostrou que existem melhores serviços ou produtos com os quais sua marca deve estar envolvida ou vendida?

As tecnologias novas e emergentes usurparam seu modelo de negócio? Se um dessas perguntas estiver sem resposta, está na hora de rever seu posicionamento.

Aqui estão alguns passos e perguntas-chave a serem feitas para determinar se você precisa de um reposicionamento:

1 |Faça o diagnóstico:

Faça sua própria pesquisa interna com as partes interessadas e a equipe executiva. Elabore também uma entrevista e uma pesquisa com clientes atuais e parceiros para determinar onde sua marca está falhando e onde pode se aprimorar.

2 |Faça uma auditoria da marca:

Faça uma auditoria da empresa/marca. Descubra quais problemas no posicionamento atual impactam a empresa. A mudança afetará o negócio positivamente.

3 |Depois, faça uma auditoria de Marketing:

Analise seus esforços de marketing passados e atuais. Você está investindo na marca corretamente?

4 |Pesquisa de mercado:
Descubra informações sobre sua concorrência e sua base de clientes atual. O seu alvo é a pessoa certa sobre a qual você deve se concentrar? Existem novas pessoas com quem você não está envolvido e que deveria estar?

5 | Sua mensagem de marketing é ressonante?

A sua mensagem de marketing está abordando as questões corretas? Algo mudou? Você realmente falou com sua audiência todo esse tempo?

6 | Equipe executiva na mesma página?

A equipe executiva acredita que um reposicionamento da marca é necessário? A empresa está indo na mesma direção? A missão mudou ou a sua empresa cresceu?

7 | Crie um documento de Estratégia:

Crie um documento que descreva sua missão e mensagem de marketing, seu público alvo, seus objetivos de negócios e seus objetivos de marketing. Incorporar as descobertas do diagnóstico no relatório.

Quais métricas você usará para determinar seu sucesso com o reposicionamento? O foco mudou? Revise com a equipe executiva para ver se todos estão na mesma página.

8 | Faça uma estratégia de Marketing:

Depois de obter o feedback da equipe executiva e dos principais interessados, junte uma estratégia de marketing e planos específicos sobre como você enviará sua nova mensagem de marca.

Um reposicionamento envolve muitos elementos. Além disso, algo a ser observado é a compreensão da antecipação dos custos adicionais que acompanham um reposicionamento deve ser calculada antes de avançar. Um reposicionamento de marca pode ser um investimento pesado.

9 | Documente seus personagens por prioridade:

Conheça seu público e o que os faz marcar. Uma persona é uma representação de pessoas reais que compõem sua base de clientes. Quais são os pontos de dor? Quem são eles? Coloque-os em ordem de prioridade.

10 | Redesenhe seu site:

Uma das melhores maneiras e horários para lançar o reposicionamento da empresa é com um site redesenhado. É importante rever o seu site e o que realmente diz com a sua estrutura e design.

Ele é amigável e realmente representa a marca com uma imagem positiva? Está falando para o seu público e dando a eles uma razão para se envolver com a marca?

11 | Planeje a jornada do seu cliente:

Não deixe isso ao acaso. Você quer guiar seus clientes através de uma jornada personalizada? Crie algo exclusivo para eles.

12 | Estratégia de Comunicação:

Entendidas as etapas de marketing e novo posicionamento, chega a hora de comunicar essa mudança de mentalidade aos seus pontos de contato.

É nesse momento que se cria uma estratégia de comunicação que alcance seu público utilizando os canais necessários. Sejam eles via imprensa, redes sociais ou através de produção de conteúdo próprio (branded content)

Aqui estão os itens essenciais que uma empresa precisará para ter um reposicionamento de sucesso. Você pode não precisar fazer tudo isso, mas se vai investir tempo e dinheiro, invista em compreender seu público alvo e criar sua marca de forma coesa é estratégica.

  • Novo logotipo
  • Novo nome
  • Novo website
  • Novo Planejamento de marketing
  • Estratégia de Comunicação
  • Estratégia de mídia social
  • Estratégia de relações públicas

Um dos maiores elementos de uma marca de sucesso é a cultura da sua empresa. Ainda tem paixão e impulso quando a empresa abriu suas portas pela primeira vez?

A moral diminuiu ou a força de trabalho foi queimada ou perdeu o seu caminho? Um reposicionamento deve começar de dentro para fora.

Deve haver uniformidade em todos os canais com a nova mensagem e proposta de valor. Embora este processo possa ser estressante e esmagador, reposicionar uma marca deve trazer energia, emoção e nova vida para a empresa e sua equipe.

Como se pode esperar – Você não pode simplesmente recarregar, configurá-lo e esquecer. Branding é um processo em andamento.

Na era das redes sociais, as empresas agora têm a capacidade de monitorar a satisfação do cliente e ver o que as pessoas estão falando sobre sua marca em tempo real. O feedback é instantâneo

Branding não é o que você acha da sua marca – é o que seus clientes e potenciais clientes pensam, sentem e esperam quando entram em contato com seu produto, logotipo ou nome da sua empresa.

O que a sua marca representa? Qual é a história da marca? Depois de fazer um reposicionamento, seja consistente e persistente com sua mensagem. Continue ouvindo seus clientes. Eles vão te dizer o que eles querem.

Conclusão:

Nesse artigo você entendeu a importância de fazer um reposicionamento da sua marca e o impacto que ela terá em seus negócios futuros. Não se esqueça de sempre seguir esses doze passos em qualquer projeto que fará com sua equipe no futuro.

Você precisa ter um plano de ação claro para engajar e envolver. Ter uma estratégia de marketing de entrada, por exemplo, usando conteúdo com curadoria que ressoaria com seu público e direcionará o tráfego para o seu site ou página de destino.

Ter uma estratégia de mídia social e focar uma maneira de entender a palavra empregando uma empresa de relações públicas para ajudar a divulgar com um tom de voz ou encontrar maneiras criativas de divulgar sua marca.

Fale com um profissional especializado ou converse com seu gerente de marketing, não tenha medo de pedir ajuda.

Warren Buffet diz: demora 20 anos para construir uma reputação, e 5 minutos para destruir.

Compartilhe